Mundo

Paris afasta boicote diplomático a Moscovo

O ministro francês dos Negócios Estrangeiros afirmou ontem que, para já, está afastada a possibilidade de um boicote diplomático da França à Rússia, durante o Mundial, a disputar entre 14 de Junho e 15 de Julho.

 

Numa entrevista à rádio France Inter, Jean-Yves Le Drian considerou que é essencial os dois países “procurarem posições comuns” sobre as várias crises regionais, questionando: “A Rússia está disposta a entrar em processos de negociação sobre as grandes crises da actualidade ?”.
“Temos muitos desentendimentos com a Rússia”, afirmou o chefe da diplomacia de França, dando como exemplos a crise ucraniana, a “intimidação” e a suposta “interferência” russa no processo eleitoral e nos ataques químicos na Síria.
Em sentido inverso, Jean-Yves Le Drian lembrou que os dois países têm interesses comuns e afirmou: “Devemos trazer à discussão as posições comuns, sem esconder as divergências”.
Em Março, o Reino Unido anunciou um boicote dos membros do Governo e da família real ao Campeonato do Mundo de Futebol, depois de ter responsabilizado a Rússia pelo envenenamento do ex-espião Serguei Skripal e da filha em solo britânico.

Tempo

Multimédia