Mundo

Partidos árabes formam aliança

Os quatro partidos políticos árabes israelitas formalizaram ontem uma aliança antes das eleições legislativas de Setembro, esperando aumentar a participação entre a minoria que representa um quinto da população de Israel.

Pequenos partidos procuram alcançar mais assentos
Fotografia: DR

O partido nacionalista palestiniano Balad anunciou na noite de domingo que se juntaria à Lista Conjunta de partidos árabes, meses depois de lutas internas terem fragmentado a aliança política. Ayman Odeh, líder do partido Hadash, disse ontem que agora que os partidos árabes se reuniram, podem dar resposta ao "grande desafio" que a minoria árabe israelita enfrenta. A população árabe israelita é formada sobretudo pelos palestinianos e descendentes que ficaram em Israel após a criação do Estado hebreu em 1948. Identificam-se em geral com os palestinianos e há muito que se queixam de serem discriminados. Sondagens divulgadas a semana passada indicam que a Lista Conjunta pode tornar-se o terceiro maior no Knesset, o Parlamento israelita, após as eleições de 17 de Setembro. As quatro formações uniram-se pela primeira vez em 2015, conquistando 13 lugares entre os 120 do Parlamento. Mas as lutas políticas dividiram-nas em dois lados, que apenas conseguiram um total de 10 lugares nas legislativas de Abril.

Tempo

Multimédia