Mundo

Presidente Samba-Panza nomeia primeiro-ministro

A presidente de transição da República Centro Africana, Catherine Samba-Panza, nomeou no sábado para o cargo de primeiro-ministro André Nzapayeké, até agora vice-presidente do Banco de Desenvolvimento dos Estados da África Central (BDEAC), anunciou a rádio nacional.

Pouco conhecido dos centro-africanos e de confissão cristã, Nzapayeké ocupou o cargo de secretário-geral do Banco Africano de Desenvolvimento entre 2010 e 2012 e tem agora a difícil tarefa de formar um novo governo para restaurar a paz no país, afectado pela violência sectária desde o golpe de Estado de Março de 2013.
Além das questões de segurança, a prioridade do governo interino é recuperar a “máquina” administrativa. Devido à violência, as aulas não começaram em Outubro e a actividade económica está a recomeçar com grande dificuldade.  Nas províncias, vastas zonas continuam sob o domínio de senhores da guerra e estima-se que metade dos cerca de 4,6 milhões de habitantes da RCA precise de ajuda humanitária.
Catherine Samba-Panza, que tomou posse na quinta-feira, sucedeu a Michel Djotodia, que derrubou o regime de François Bozizé em Março de 2013, à frente da coligação rebelde Séléka com origem na minoria muçulmana
Djotodia demitiu-se no passado dia 10 por pressão da comunidade internacional, devido à sua incapacidade para fazer parar a violência entre a maioria cristã e a minoria muçulmana.
A nova Presidente tem a tarefa árdua de pacificar o país e criar condições para que se realizem novas eleições. Segundo o calendário da transição, o sufrágio deve ser realizado o mais tardar durante o primeiro semestre de 2015, o  qual Catherine Samba-Panza não se pode candidatar.

Tempo

Multimédia