Mundo

Presa por arrancar o véu a muçulmana

Uma mulher vai cumprir uma pena de 20 meses de prisão efectiva depois de ter atacado outras duas, uma delas muçulmana, num mercado em Yorkshire, no Reino Unido.

Fotografia: DR

 O ataque teve lugar depois de Ellie Burns ter ouvido o par queixar-se que a música que ela cantava era racista, conta o “Independent”.
Durante a audiência em tribunal, ontem, foi referido que a jovem, de 21 anos, cuspiu sobre uma das mulheres, depois empurrou-a, puxou-lhe o cabelo e retirou-lhe o véu da cabeça com violência.
Depois esbofeteou e em-purrou a segunda vítima. Um agente da Polícia, chamado a intervir durante a altercação, acabou mesmo por ser arranhado por Ellie.
Perante o tribunal, a jovem declarou-se culpada de dois crimes de agressão agravada por motivos raciais e agressão a um agente da Polícia.
O caso remonta a 29 de Abril e ocorreu apenas 25 dias depois de a mulher ter sido presente a tribunal onde recebeu pena suspensa por ter atacado um taxista e cinco agentes da Polícia, enquanto se encontrava sob o efeito de álcool e droga.

Tempo

Multimédia