Mundo

Presidente Buhari trava saída de dirigentes por suspeita de corrupção

O Presidente Muhammadu Buhari proibiu no fim-de-semana mais de 50 figuras nigerianas de deixar o país, uma medida que se inscreve no quadro do combate à corrupção levado a cabo pelo Governo da Nigéria.

Fotografia: DR

As transacções financeiras de pessoas sob investigação de corrupção são igualmente controladas pelas autoridades nigerianas, em conformidade com um decreto recentemente assinado pelo Chefe de Estado. Segundo a Presidência nigeriana, a proibição de saída do país imposta a mais de 50 personalidades de alto escalão tem como objectivo impedir qualquer influência nas investigações e processos em curso. O porta-voz de Buhari disse que os casos em questão dizem respeito a activos no valor de pelo menos 1,3 milhões de dólares que estão sob inquérito por corrupção.

Tempo

Multimédia