Mundo

Protestos no Iraque causaram 157 mortos

O balanço da semana de contestação antigovernamental que agitou Bagdad e o Sul do Iraque é de 157 mortos, quase todos manifestantes e a grande maioria é da capital, refere um relatório oficial divulgado ontem.

Fotografia: DR

O relatório revela que 70 por cento dos mortos foram atingidos por balas reais “na cabeça e no peito” e as autoridades anunciaram ter demitido vários comandantes das diferentes forças de segurança em sete das 18 províncias do país, afectadas pela contestação. O balanço oficial é de 149 civis e de oito membros das forças de seguranças mortos de 1 a 6 de Outubro em Bagdad e nas províncias do Sul.
Entre os mortos, 107 civis e quatro membros das forças de segurança foram registados na capital iraquiana, onde os confrontos se concentraram inicialmente na emblemática praça Tahrir, antes de se estenderem para o turbulento bastião xiita de Sadr City.

Tempo

Multimédia