Mundo

Putin reforça poderio militar com novos navios de guerra

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, reforçou, ontem, o poderio militar do seu país, com seis novos navios de guerra, em três estaleiros, um deles na península da Crimeia.

Putin reforça poderio militar com novos navios de guerra
Fotografia: DR

“Seis novos navios foram hoje disponibilizados em simultâneo, nos três principais estaleiros russos”, anunciou, ontem, Vladimir Putin, durante uma teleconferência, em que se referiu a este momento como um “passo importante e significativo no desenvolvimento da Marinha russa”.

O Presidente revelou que os novos navios estarão equipados com “sistemas avançados de armas, controlo e comunicação e fortalecerão consideravelmente o potencial militar da Marinha russa, aumentando o seu potencial estratégico”.

Trata-se de dois navios de desembarque, construídos nos estaleiros Kerch, na Crimeia; duas fragatas construídas na fábrica Sévernaya Verf, em São Petersburgo; e dois submarinos atómicos na empresa Sevmash, localizada em Severodvinsk, uma cidade portuária nas margens do Mar Branco.

“Nos últimos oito anos, a frota recebeu mais de 200 navios e embarcações de vários tipos. Precisamos de cumprir consistentemente o programa estatal de armamento, para que, até 2027, mais de 70 por cento dos navios da Marinha russa sejam novos”, explicou Putin.

Tempo

Multimédia