Mundo

Reino Unido relutante em levantar as medidas de isolamento social

O Reino Unido, um dos países mais afectados na Europa pela pandemia da Covid-19, está relutante em levantar as medidas de confinamento, temendo que possa eclodir uma segunda vaga de contágios no país.

Fotografia: DR

Segundo a imprensa, os responsáveis políticos britânicos gostariam de começar a reabrir algum comércio, mas temem que a medida seja precipitada.
Depois de um início de combate à pandemia relativamente caótico, com poucas medidas restritivas que resultaram numa multiplicação de contágios, fontes governamentais disseram ao “The Times” que a ideia de uma “corrida” para o fim das medidas de quarentena não seria boa.
“A ideia de que estaremos a apressar-nos para suspender as medidas não é verdadeira. Se a taxa de transmissão aumentar significativamente, teremos que fazer um bloqueio mais difícil novamente”, afirmou fonte governamental ao jornal.
Com várias publicações a acusarem o Governo de Boris Johnson de ter tido uma postura pouco protectora no início do surto, ainda em Wuhan, agora o Primeiro-Ministro pretenderá adoptar uma postura mais conservadora.
Afastado temporariamente da vida política activa, fruto de ter contraído o novo coronavírus, Boris Johnson estará agora mais inclinado a esperar que os números baixem ainda mais no Reino Unido, tentando um equilíbrio entre as consequências económicas do confinamento e as possíveis consequências de um regresso à vida ‘normal’.

Tempo

Multimédia