Mundo

Rússia admite retaliar com todos os meios contra sanções

A Rússia considera que as eventuais novas sanções norte-americanas são uma "declaração de guerra económica" pelo que Moscovo pode vir a retaliar com "todos" os meios disponíveis, disse hoje o primeiro-ministro Dimitri Medvedev.

 

Primeiro-ministro russo reage às sanções dos EUA
Fotografia: DR

Os Estados Unidos anunciaram na quinta-feira novas sanções económicas contra a Rússia devido ao envenenamento do ex-espião russo, Sergei Skripal, no Reino Unido, sublinhando a possibilidade de uma "nova vaga de sanções draconianas" no futuro. "[Os Estados Unidos] continuam a referir-se à interdição das actividades deste ou daquele banco ou à utilização de certas divisas. É preciso que as coisas sejam referidas com clareza: trata-se de uma declaração de guerra económica", disse o primeiro-ministro russo Dmitri Medvedev citado pela agência Interfax.

 

 

Tempo

Multimédia