Mundo

Socialista Pedro Sánchez assume Governo espanhol

O líder do Partido Socialista Operário espanhol (PSOE), Pedro Sánchez, foi eleito novo presidente do Governo da Espanha, após obter o aval da maioria dos membros do Congresso dos Deputados a uma moção de censura para afastar do poder o líder conservador Mariano Rajoy, que ocupava o cargo desde Dezembro de 2011.

Líder dos socialistas apostou na moção contra Mariano Rajoy
Fotografia: DR


A moção apresentada pelo PSOE, do qual Sánchez é secretário-geral, recebeu 180 votos dos 176 necessários para ser aprovada num Parlamento com 350 lugares. Outros 169 deputados votaram contra, e houve uma abstenção.
Para assumir o Governo, Sánchez teve que contar com apoio fragmentado, já que o seu partido tem apenas 84 deputados, menos da metade da maioria. Além da bancada socialista, teve os votos da coligação de esquerda Unidos Podemos e dos blocos nacionalistas e independentistas do País Basco e da Catalunha.
Os parlamentares que reprovaram a moção foram os do Partido Popular (PP), liderado por Mariano Rajoy, e os do Ciudadanos. A abstenção foi de uma deputada da Coligação Canária.
Após a votação, Rajoy deu os parabéns a Sánchez e saiu do plenário seguido pelos correligionários, enquanto na bancada se ouvia gritos de comemoração dos parlamentares do Unidos Podemos.
Os socialistas justificaram a moção para derrubar o Governo Rajoy com o argumento de que o agora ex-dirigente não assumiu as responsabilidades políticas cabíveis depois da Justiça espanhola ter condenado o PP por participação num escândalo de corrupção.
Pedro Sánchez torna-se o sétimo presidente do Governo espanhol e o terceiro socialista desde a restauração da democracia no país, ocorrida em 1977.
O novo governante comprometeu-se a “atender as urgências sociais”, assim como combater a desigualdade e assumir os compromissos de estabilidade orçamental com a União Europeia.
Antes da votação, Mariano Rajoy afirmou que aceitava, “como democrata”, o resultado da moção de censura, embora sem concordar “com o que foi feito”.
A presidente do Congresso, Ana Pastor, já comunicou oficialmente ao rei Felipe VI  o resultado da votação, que deve ser publicado no Diário Oficial. A seguir, Sánchez toma posse como novo presidente do Governo. Provavelmente, ainda hoje.

Tempo

Multimédia