Mundo

Tribunal devolve ao Ministério Público acusação contra dois jornalistas

O Tribunal de Pemba decidiu devolver ao Ministério Público (MP) a acusação contra dois jornalistas detidos em Cabo Delgado, disse sexta-feira à Lusa uma fonte ligada ao processo.

Fotografia: DR

Os jornalistas Amade Abubacar e Germano Adriano foram ouvidos em tribunal numa sessão marcada pela ausência do Ministério Público e de um dos declarantes no processo. A sessão de instrução contraditória foi adiada por três vezes, decisões justificadas pela ausência de declarantes e erros nos registos de documentos do processo. Segundo relatos do Instituto de Comunicação Social da África Austral (MISA Moçambique) e de outras organizações, Abubacar, detido a 5 de Janeiro, passou 108 dias na prisão, foi maltratado, mantido incomunicável e privado de alguns dos seus direitos. Já Germano, preso em Fevereiro, esteve detido 63 dias. Ambos saíram da prisão sob termo de identidade e residência a 23 de Abril, depois de organizações moçambicanas e estrangeiras terem defendido a libertação imediata.

 

Tempo

Multimédia