Mundo

Trump ambiciona reeleição com "terramoto nas urnas"

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lançou ontem oficialmente a sua campanha à reeleição pedindo aos eleitores um "terramoto nas urnas" para derrotar o candidato do partido Democrata nas eleições marcadas para Novembro de 2020.

Donald Trump trabalha para a reeleição desde que chegou ao poder em Janeiro de 2017
Fotografia: DR

"A única coisa que estes políticos vão entender é um terramoto nas urnas. Fizemos uma vez e vamos voltar a fazer, e desta vez vamos terminar o trabalho", disse Trump para cerca de 20 mil simpatizantes, num comício em Orlando, Estado da Flórida.

"Me apresento a vocês para lançar oficialmente a minha campanha para um segundo mandato como Presidente dos Estados Unidos", anunciou.

Embora tenha anunciado só agora de forma oficial que vai concorrer, Trump trabalha para a reeleição desde que chegou ao poder, em Janeiro de 2017.

O Presidente americano também oficializou que o slogan de campanha: "Keep America Great" ("Manter os EUA Grandes") para suceder o popular "Make America Great Again" ("Fazer os EUA Grandes Novamente"), de 2016.

O anúncio feito na terça-feira, 18, coincidiu com o quarto aniversário do lançamento da candidatura ao primeiro mandato, a 16 Junho de 2015.

O único entre os 24 pré-candidatos democratas que Trump mencionou ontem no acto foi o ex-vice-Presidente Joe Biden, favorito segundo as pesquisas para ganhar a disputa interna entre os opositores.

 

Tempo

Multimédia