Opinião

Outro “caminho de cabras”

Luciano Rocha

A nesga do que, em tempos, foi um troço rodoviário normal, paralelo à rua que passa por trás do Cine Teatro Nacional, é outro exemplo da lástima em que a capital do país se transformou.


O caminho, ladeado de taipais e barreiras de cimento fabricadas para, em condições excepcionais, proteger os peões de veículos , mas que, neste caso, não se percebe por que as colocaram  ali, é estreito e constituído somente por buracos, buracões, lama, águas putrefactas, garrafas de plástico vazias, sacos do mesmo material, lixo de toda a espécie.  Noutra qualquer cidade há muito tinha sido encerrado. Pelos perigos evidentes para quem o utiliza. De carro ou a pé.
O caminho, para não destoar, é escuro à noite, pelo que os perigos aumentam, como é bom de ver. Comprovámos isso há  poucos dias. Para tentar encurtar caminho, passámos por lá em direcção à Rua do Primeiro Congresso. Não sei como é que o carro não se partiu todo e nós ficámos com as costelas inteiras.
Este “caminho de cabras”, repito e sublinho com desprazer, é na Baixa da capital do país! Mais um, a lembrar-nos, a cada passo, como a nossa cidade de Luanda é desgovernada.

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia