Opinião

Recargas para os homens

Osvaldo Gonçalves

Na intervenção a zungueira dos legumes é uma mulher de armas. Bonita quanto jovem mãe pode ser e lhe permite o dia-a-dia ao sol e à chuva, a galgar quilómetros atrás do carrinho-de-mão, que empurra, acompanhada do megafone: “Pergunta na minha carro-de-mão.

Tem tomate, tem cebola, tem couve, tem beringela. Está bom ou não está bom? Está muito bom!” Há dias, chamei-a e vi que tinha mais coisas para vender: bananas, laranjas, mamões e até abacaxis.
- Então, dona, não fala de todo o negócio? Respondeu-me com um sorriso de dentes imaculados. “Essa gravação já é antiga”, justificou-se. Até nem diz que tem mandioca. “É, mano, comprei hoje mesmo no 30. Trouxe também ginguba crua. A ‘recarga’ completa”. Recarga?! “É sim, mano. ‘Recarga dos homens: mandioca crua com ginguba crua. Nove meses e a criança está a nascer”. E voltou a lançar aquele sorriso típico das vendedoras ambulantes.
Bonitas e simpáticas como só elas. Guerreiras dispostas a dar o corpo às balas em defesa dos seus. Assim são as zungueiras. Logo percebi o que queria dizer. “Recarga dos homens”. E comprei também uma caneca de ginguba de cem kwanzas, mais duas mandiocas para o caldo, quatro laranjas, bananas e um abacaxi. “Fica mais esse bocado de ginguba de kuilo” – provocou.
- Assim, a mana hoje não vai reclamar!”
- Sou mbora viúvo, "mirmã".
- He! Desculpa, mano. Mas, assim mesmo, não tem nenhuma ajudante?
- Ainda é muito cedo.
Mas é verdade que mandioca com ginguba cruas traz benefícios para a vida sexual do homem? As opiniões dividem-se. Há quem diga que não passa de um mito, mas há também quem, referindo-se em particular à ginguba, diga que, por ser rica em vitamina "E", se for consumida com moderação, aumenta a potência sexual e reforça a energia. Embora seja aconselhável para ambos os sexos, a ginguba, que se destaca pelo elevado teor de Zinco, que tem um papel importante no controlo da produção de testosterona e a mobilidade dos espermatozóides. A falta de Zinco pode diminuir cerca de 30 por cento a fertilidade masculina.
Esta oleaginosa também protege o coração, reduz a gordura da região abdominal, retarda o processo de envelhecimento, actua na formação de tecidos, participa do trabalho muscular, evita cãibras,ajuda na prevenção do cancro, entre outros benefícios. Estudos apontam que reduz entre 23 e 38 por cento as chances de complicações cardiovasculares e diminui a mortalidade geral de 17% a 21%.
A qualidade da ginguba assemelha-se à do leite, possuindo na sua composição química 26 por cento de proteínas, 47 de gorduras, 18,6 de carboidratos e 5,8 por cento de água (5,8%). Além da vitamina "E" e do Zinco, é rica em ferro, cobre, vitamina "A" e niacina.
Sobre a mandioca, aponta-se que é uma excelente fonte de carboidratos especiais, vitaminas e minerais. Alimento barato, resistente e nutritivo, a produção e consumo do tubérculo pelo mundo afora são incentivados pela FAO. Em Angola, a mandioca é conhecida, sobretudo, pela produção de fuba de bombó e farinha musseque, sendo as folhas usadas para fazer kizaca.
De há um tempo para cá, a venda de mandioca e ginguba cruas virou moda em Luanda. Além de acção anti-inflamatória e analgésica, pelo que pode ser útil no tratamento da artrite reumatóide, a mandioca possui Cálcio, Manganês, Cobre e Zinco, que ajudam a diminuir a perda de massa óssea, principalmente em mulheres na menopausa. É benéfica para o coração, ajuda a controlar os níveis de colesterol, promovendo assim a melhoria do sistema circulatório como um todo.
Pois bem, por tudo o que aqui foi posto, poderíamos dizer que quem leu esta crónica dificilmente ficará sem saldo no telefone.

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia