Opinião

Viana esburacada (1)

Luciano Rocha

O município de Viana é bem o exemplo da província de Luanda, da qual faz parte, quanto ao desmazelo causado pela inércia dos que têm a incumbência - para isso são pagos- de tratar dele.

Pelos vistos, não têm tido tempo para dar uma volta pelo município. Sugerimos que se quiserem ter esse trabalho, o façam de preferência sozinhos, sem anúncios prévios e em viatura própria, se é que as têm. Ou então que quem de direito lhes faça pagar do próprio bolso os danos que elas sofrem pelo mau estado das vias.
O município de Viana, que tinha todas as condições para ser um exemplo de modernidade, local onde devia apetecer viver, até visitar, é afinal um pesadelo para quem lá mora e tem de lá ir, tal o estado de degradação das artérias. Como é o caso - não o único - das do bairro Luanda Sul, onde os buracos e buracões competem com os da capital do país. O asfalto, o pouco que lhe resta, está destruído. A revelar má construção, mas, igualmente, falta de manutenção.
Que pena o ministro das Obras Públicas não ter passado por lá, quando aquelas ruas foram construídas. De certeza que, a exemplo do que já fez noutras paragens, tinha mandado interromper as obras, medir a espessura do asfalto e, provavelmente, fazer tudo de novo.
O bairro Luanda Sul, saliente-se novamente, não é a única zona daquele município da província de Luanda vetado ao abandono. Por isso, prometemos voltar em breve à Viana esburacada.

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia