Opinião

A maka da madeira

Esta minha carta, na verdade, devia ser uma espécie de carta aberta ao Presidente da República, João Lourenço no sentido de pedir a sua intervenção na problemática da exploração da madeira.

Ouvindo e lendo todas as matérias sobre a exploração de madeira no país, mesmo depois das declarações do secretário de Estado, Dr Moda, ainda assim penso que a situação carece de um outro tratamento. Penso que o Presidente da República deve intervir ou determinar com urgência a criação de uma comissão de inquérito para apurar a dimensão da exploração da madeira sobretudo por parte dos chineses. Hoje, a exploração da madeira já não tem sido feita de forma rudimentar e a níveis aceitáveis, como tinha avançado o secretário de Estado Moda. Os chineses, com todo o respeito por eles e pelas excelentes relações que o meu país tem com a  República da China, têm desempenhado um papel preocupante no que à exploração de madeira diz respeito. A exploração atinge níveis industriais e importa um controlo, sob pena de nos próximos cinco a dez anos as principais zonas madeireiras apresentarem um quadro feito Tchernobyl ou Hiroshima e Nagazaki pós lançamento da bomba atómica. Aliás,  um ambientalista conhecido tinha afirmado que basta uma vista aérea nalgumas zonas do país para se ter a ideia do quão devastadas se encontram por razão directa da exploração da madeira, aí teremos noção exacta do estado em que nos encontramos.

Pedro Coelho | Pedro Coelho

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia