Opinião

As eleições gerais

Gostei imenso do nível de organização das nossas eleições gerais de 23 de Agosto de 2017, o que demonstra que à medida que vamos consolidando a democracia, as instituições encarregadas do processo eleitoral trabalham cada vez melhor. E ainda bem que assim acontece, porque, afinal, as eleições são um assunto muito sério.

Gostava de aproveitar este espaço para felicitar todos os que estiveram à frente da organização das eleições gerais de 2017 e só espero que os partidos políticos continuem a apelar à tolerância política.
As eleições são uma competição que deve servir para continuarmos a consolidar o nosso regime democrático.
Devemos continuar, depois das eleições, a trabalhar para a construção de um país próspero. Temos muito trabalho pela frente e todos os angolanos devem dar a sua construção ao progresso de Angola, independentemente de o seu partido ganhar ou perder as eleições. Que os cidadãos continuem a dar bons exemplos de civismo, condenando acções que possam perturbar a paz social.
Todos os partidos, sem excepção, têm a responsabilidade de levar a cabo junto dos seus militantes e simpatizantes uma mensagem de paz e de concórdia.

Laurindo António | Benfica

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia