Opinião

Aulas e pausa

A retomada das aulas, após o período de pausa, revelou-se problemática por causa do elevado absentismo de alunos e de professores nas escolas. Sou encarregado de educação e resido junto a uma escola pública do primeiro ciclo do ensino primário.

Nos primeiros dias de aulas, a escola estava completamente às moscas e, com os poucos alunos e professores com os quais eu pude conversar, só ouvi queixas de uns e de outros.
Quer dizer, os alunos queixavam dos professores e estes dos alunos. Nunca vi alunos a queixarem-se do absentismo de colegas por causa da alegada ausência de professores e estes últimos igualmente a queixarem-se de que a presente desmotivação se deve à falta de alunos. Para terminar, gostaria que o actual cenário não venha a repetir-se na segunda semana de aulas após a pausa pedagógica.
Espero que os professores compareçam em massa para fazer o que toda a sociedade espera dos mesmos, nomeadamente leccionar. E que as famílias tenham um papel instrumental na mobilização dos seus educandos no sentido de acompanhá-los melhor, a começar pela ida e comparência às aulas. Para modernizarmos Angola, não temos muitas opções e as poucas que existem passam obrigatoriamente pela aposta no sector da Educação.

Pedro de Castro | Ndalatando

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia