Opinião

Cartas do Leitor

A eterna teimosia Tenho estado a ouvir os alertas lançados pelas autoridades e pelos órgãos de Comunicação Social, públicos e privados, para os riscos que se correm ao atravessar ruas e avenidas fora das passadeiras, mas a verdade é que as pessoas são teimosas.

Insistem em atravessar fora das passadeiras. Já assisti, infelizmente, a atropelamentos de gente a atravessar debaixo da passadeira aérea na Avenida 21 de Janeiro, em Luanda.
Contado, ninguém acredita. Mas, a verdade é que as pessoas morrem de forma estúpida a poucos metros da passadeira. Em países onde as regras são para cumprir, isso não acontece.
As autoridades exigem que se faça a travessia de ruas e avenidas nos locais apropriados.
Ninguém atreve a desobeder o que está estabelecido como aqui. E quem se atrever leva uma multa que lhe tira a vontade de voltar a repetir a proeza.
O meu conselho, que vale o que vale, é as autoridades tomarem medidas para travar essa onda, que anda por aí, das pessoas fazerem a atravessarem as ruas a torto e a direito.

António Rosário
Morro Bento

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia