Opinião

Cidades e musseques

Escrevo hoje para o Jornal de Angola para dar continuidade a uma realidade de que alguns órgãos de comunicação fizeram manchete, nomeadamente as construções modernas a conviverem com os musseques.

“De um lado uma cidade nova, com prédios, escolas, hospitais, água, energia eléctrica e do outro uma povoação, com casas de chapas, sem escolas, jardins ou água. Este é o contraste que se observa entre os moradores da centralidade do Kilamba e os vizinhos do bairro “5 Fio”. O bairro do “5 Fio” está localizado no município de Belas, a cerca de 30 quilómetros a sul do centro da cidade de Luanda, com uma população aproximada de 753.000 habitantes, de acordo com o portal oficial do município de Belas. O bairro cresce em extensão e em simultâneo é acompanhado por um elevado índice de pobreza”. Trata-se de uma descrição emblemática da nossa realidade. Espero que o Estado faça um grande trabalho no sentido de erradicar estas discrepâncias que acentuam a exclusão social e contribuem para que as comunidades vivam desencontradas num país que se quer irmanar, solidarizar e se tornar de igual  em oportunidades.

Juliana Bastos
Bairro Operário

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia