Opinião

Festas de Natal

Este ano o Natal não foi marcado por grandes festas, como acontecia em anos anteriores. Os preços altos dos géneros alimentícios e os atrasos nos salários fizeram com que muitas famílias se contentassem com o pouco que conseguiram arranjar nos mercados  formais e informais.

Os angolanos, como são criativos, puderam  arranjar forma de  passar um Natal. Uma das formas  é juntar vários membros de uma família numa única casa,  para onde cada um leva alguma coisa .  Houve casos em que mais de uma dezena de pessoas pertencentes a uma mesma família se juntaram para a  noite de consoada .  Costuma-se dizer que a união faz a força.  No Natal, a união fez a festa.

Lucrécio António | Camama         

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia