Opinião

Insinuações avulsas

Há dias, ouvi de uma formação política insinuações, segundo as quais a governação alegadamente esqueceu-se do sul do país. É do partido UNITA que falo, cuja liderança argumentou há dias que o Executivo do Presidente João Lourenço esqueceu-se da região sul, argumentação falaciosa em minha opinião.

Diz-se que o Executivo aloca reduzidas verbas do Orçamento Geral do Estado (OGE) para as províncias da parte meridional de Angola. Não sei se isso é verdade, inclusive porque todas as localidades do país acabam por receber pouco dinheiro para aquilo que são as suas necessidades.
Vivo em Luanda e diria que Luanda, atendendo à demografia e exigências de certos serviços básicos como água, energia e saneamento, recebe muito pouco do OGE.
Todo o esforço da governação para ver melhorado problemas vai ser sempre encarada como pouco.
É falso dizer que a governação esqueceu-se do sul do país porque há cerca de 40 dias o Chefe de Estado, à frente de uma extensa delegação deslocou-se ao Namibe e ao Cunene, onde pôde constatar “in loco”os principais desafios. Deixou algumas orientações.
António  Jerónimo|Benfica

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia