Opinião

Limpeza de ruas

Queixamo-nos sempre de que há muito lixo em Luanda, mas muitas vezes nós, os cidadãos, não contribuimos para haver menos lixo na nossa cidade capital. Há cidadãos que preferem atirar o lixo para o chão, em vez de o depositar num contentor.


 Vêem-se por vezes contentores vazios com muito lixo à volta. Penso, por outro lado, que devíamos diariamente remover o lixo que se encontra em frente das nossas casas. Se cada um de nós tiver a preocupação de limpar em frente da sua casa, teremos menos lixo nos diferentes bairros de Luanda. Vejo por exemplo muitos resíduos sólidos (garrafas de plástico) em muitas artérias da cidade capital, em particular onde só há terra batida (que já não andam tão batidas assim). Que os moradores tomem a iniciativa de facilitar a vida das operadoras de limpeza, colocando o lixo em depósitos apropriados. Há pessoas que acham normal atirar para o chão casca de banana ou uma garrafa de água. Penso que se deve ensinar na escola primária boas condutas, para que as nossas crianças cresçam a praticar boas acções.
Helena Cardoso| Samba

Girabola
O nosso Girabola está cada vez mais interessante, a faltarem dez jornadas para o fim do campeonato. Para os amantes do futebol é sempre bom que haja campeonatos marcados por disputas renhidas pelo título. Não gosto de campeonatos em que há uma grande diferença pontual entre o primeiro classificado e as restantes equipas. Acredito que vai passar a ir mais gente aos nossos estádios, com a grande disputa do título por parte do 1º de Agosto e do Petro de Luanda. Gostava também que as equipas angolanas que estão no Girabola aumentassem a qualidade do seu futebol. Gostei de ver o Sagrada Esperança no jogo com 1º de Agosto e verifiquei que o técnico dos "lundas" tem feito um excelente trabalho. O Sagrada Esperança troca bem a bola e está fisicamente bem. Estou satisfeito com o facto de se jogar também bom futebol noutras províncias. Fiquei deveras surpreendido com a postura do Sagrada Esperança no estádio "11 de Novembro". O segundo golo do Sagrada Esperança foi prova de que esta equipa não atira a toalha ao tapete antes do apito final. Macaia, do 1º de Agosto, que o diga. Que se continue a apoiar a equipa do Sagrada Esperança. Temos de ter no país muitas equipas a jogar bom futebol e não apenas o 1º de Agosto e o Petro de Luanda.
Alfredo Pinto |Camama

Lavras
Vivemos tempos de crise e aconselho as pessoas que tenham quintais amplos a apostar em lavras, para serem auto-suficientes em alguns produtos agrícolas. O meu pai nunca gostou de pôr mosaicos nas casas em que morou. Ele gostava de lavras nos seus quintais e de criar animais. Como tinha salário baixo, ele conseguia contornar esse problema cultivando a terra que lhe dava produtos para a nossa alimentação. Estou a pensar seguir o seu exemplo. Os bons exemplos devem ser seguidos, sobretudo agora que temos de superar a crise.
Alice Pedro |Viana

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia