Opinião

Produção agrícola

Continua a falar-se  da diversificação da economia, que é uma coisa boa para o país, tendo em conta que poderemos  diversificar , por exemplo,  as fontes de obtenção de divisas e aumentar a qualidade e a quantidade  de bens  e serviços.

A diversificação da economia implica a existência de muitas unidades produtivas, pelo que importa que se continue a fazer-se esforços no sentido de se estabelecer um ambiente que facilite o surgimento de empresas, em particular as pequenas e as médias. Houve a ideia no país de que só com grandes projectos  industriais é que o país haveria de se desenvolver. A experiência mostrou entretanto que vários mega-projectos eram inviáveis. O crescimento  da economia não se consegue apenas por via de empresas de grande dimensão. É preciso que se olhe para a actividade económica daqueles empresários que com pouco dinheiro conseguem  manter vários negócios por muitos anos,  assegurando postos de trabalho para  muitos cidadãos.
Sou da opinião de que se deve prestar muita atenção  à indústria transformadora, sobretudo aquela  que transforma produtos provenientes do campo. Podemos produzir muita coisa no nosso país, a exemplo do que acontecia no passado, em que  Angola era  auto - suficiente em muitos produtos, que até eram exportados para vários continentes. Fiquei a saber, por exemplo, que o nosso peixe seco era exportado para a Argentina. Temos de acreditar que é possível voltarmos a ter elevada produção nacional para consumo interno e para exportação. Deixemos de pensar exclusivamente no petróleo  e nos diamantes.

Helena Silva | Ingombota

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia