Opinião

Programas e universidades

Estou a acompanhar com muita atenção o percurso que os partidos políticos estão a fazer em diversos lugares a fim de apresentarem os seus programas de governação para o país às populações, os quais irão  executar, caso vençam as eleições gerais de 23 de Agosto, data que já não está distante.

Acho pertinente esta iniciativa de irem ao encontro das pessoas para apresentarem os  seus projectos  de progresso para o nosso país. Mas, ao mesmo tempo que essa iniciativa me alegra, também me entristece o facto de não ver ainda nenhum dos partidos a dirigir-se, por via dos seus candidatos,  às várias universidades ou aos institutos superiores do país para apresentarem também os seus programas de governação aos estudantes universitários.
Pelo que se sabe, uma grande parte da população que vai votar a 23 de Agosto  é jovem e sabe-se que há muitos jovens  nas  diversas universidades que temos no país e que reúnem centenas de estudantes.
Quanto a mim, as universidades são um bom local para se fazer apresentação pública dos programas de governação. Esse segmento da sociedade, que não é reduzido, quer ter a oportunidade de tomar conhecimento dos pontos fortes de cada programa de governação, para melhor saber a quem dar o seu voto. Penso que os jovens, em particular  os universitários, estão interessados em  saber o conteúdo dos programas   de governação dos partidos políticos. Acho que os estudantes universitários, futuros quadros superiores, devem poder ter acesso aos programas  dos partidos concorrentes ao poder.

Noémia Alfredo | Maianga

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia