Citações

Citações

A actuação do grupo Sonangol tem como base a humildade, muita dedicação, disciplina, seriedade, flexibilidade para entender todos
os intervenientes da indústria petrolífera, capacidade, conhecimento, firmeza na defesa dos interesses do país e da Sonangol, além de rigor na análise e ponderação na tomada de decisão

Carlos Saturnino Guerra Sousa e Oliveira | Presidente do Conselho de Administração da Sonangol

Mais Citações

  • Há factos que se produzem sem haver um profissional que os testemunhe directamente: desde importantes reuniões à porta fechada até à descoberta de rombos financeiros ou o descarrilamento de um comboio.

    Anaximandro Magalhães

  • “Houve execuções e prisões arbitrárias. Tudo isso está um pouco esquecido, mas precisamos lembrar para que não volte a acontecer”
    Francisco Queiroz | Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos

    “Pensamos que a adopção de uma resolução nesta matéria será a melhor forma para o Parlamento marcar a sua posição e ajudar os Estados membros a procederem na mesma senda da Assembleia Nacional, em função da realidade de cada país”
    Josefina Pitra Diakite | Presidente da Comissão de Relações Exteriores, Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas no Estrangeiro

    “Fizemos um levantamento da dívida de Angola para com Portugal e constatámos que boa parte dela não consta do Sistema Integrado de Gestão Financeira do Estado”
    Archer Mangueira | Ministro das Finanças

    “Antes, fazia-se negócios com uma palavra e aperto de mãos; hoje, faz-se com contratos, porque nem sempre
    os negócios correm bem”
    Carlos Rosado | Economista

    “O meu pai  tocava acordeão em casa e num grupo de rebita  e nós tínhamos de aprender os passos da dança. Dos nove irmãos, eu acompanhava o meu pai com a dikanza”
    Barceló de Carvalho  "Bonga" | Músico

  • Independentemente da agenda, que servirá certamente para recuperar alguns temas conducentes a muito falada parceria estratégica, a visita de João Lourenço a Portugal vai permitir aos dois Estados fazer uma revista do que pode ser feito para o benefício mútuo. No caso de Angola, a formação de quadros (on-job) e a capacitação institucional poderão contar com a experiência portuguesa, em domínios nevrálgicos como os sectores da saúde, educação e agricultura. Portugal é conhecido por ter realizado dois milagres no pós - 25 de Abril: Acabou exemplarmente com as mortes materno-infantis e erradicou o analfabetismo.

    Adebayo Vunge

  • Toponímia em Luanda
    Escrevo pela primeira vez para o Jornal de Angola para abordar uma das temáticas que seguramente já passou pelas páginas deste jornal. Falo da toponímia na cidade de Luanda. Sei que tinha sido criada uma comissão para trabalhar neste aspecto da toponímia em Luanda, mas já há muito que não se ouve mais nada sobre esta comissão. Acho que está na hora de "pente fino" aos nomes que se encontram em muitas ruas, avenidas e largos de Luanda que, em minha opinião, já deviam ser substituídos. Não faz sentido nomes coloniais e de figuras que intransigentemente não só defendiam a instituição colonial, como igualmente alegavam a superioridade racial, continuem a fazer parte do dia a dia dos angolanos. Como é que uma rua ou largo pode continuar com o nome de um mercador de escravos, que defendia a manutenção da escravatura ? Acho que urge revermos os nomes, retirar alguns, substituir outros e enaltecer mais as figuras angolanas na toponímia luandense.
    Fernando Silva | Cabo Ledo

    Chuva e segurança
    Sou morador num bairro próximo de uma encosta, numa zona de Luanda e tenho notado as agruras por que passam centenas de famílias. Não tem sido fácil viver naquele meio atendendo aos deslizamentos de terra que ocorrem e a forma insegura como as famílias vivem. Numa altura em que as chuvas dão a sua cara, nunca é demais falar das questões de segurança atendendo ao facto de que as famílias nem sempre observam os preceitos de segurança na hora da construção. Como defendem muitos, é nesta fase de chuvas em que se devem fazer as opções e escolhas para à construção de casas. Não se podem construir casas em qualquer espaço na medida em que a vida humana está acima de qualquer outra consideração em matéria de procura de abrigo. Escrevo estas linhas para alertar as construções em linhas de água, zonas de passagem de cabos eléctricos de alta e média tensão e áreas em que as enxurradas passam com bastante violência em dias de chuvas torrenciais. Espero que as autoridades provinciais e municipais consigam minimizar algumas debilidades que acabam por contribuir para a perda de vidas humanas.   
    Musselina Santos | Samba

    Violência e TV
    O poder dos "média" para influenciar as mentes não pode ser negada e hoje a televisão representa para muitos parte do que os livros, a escola, a conversa familiar deviam proporcionar. Parece que todos aqueles espaços que contribuem para a formação psico-social do homem estão a ceder lugar à tela, levando a uma cultura do medo sem precedentes. Hoje, há uma tendência muito grande para a banalização da violência por causa do peso que a televisão tem em mostrar com avidez noticiosa, sem levar em linha de conta factores de ordem ética e deontológica. Não tarda que daqui a nada as pessoas passem a desinteressar-se por programas informativos que deixem de noticiar factos manchados de sangue. É muito triste quando se nota que as redacções, os editores e os órgãos lutam por audiências tendo como base, nalguns casos, preferencialmente o que envolve violência verbal, física, sangue ou destruição de bens públicos. Não que não o devessem fazer, mas o que é preocupante é a ênfase que se dá a estes casos, facto que também acaba por contribuir para a banalização da violência. Termino apelando para um melhor tratamento de questões noticiosas que envolvam violência para que as nossas crianças não cresçam num ambiente em que seja normal a TV passar imagens de sangue.
    Carla Amaral | Vila Alice

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia