Citações

Citações

Já foi feito o diagnóstico dos problemas que afectam o ensino superior em Angola e neste esforço está a direção dos Recursos Humanos, que tem estado a fazer um trabalho sério, permitindo que o recrutamento de professores para este subsistema de ensino seja feito para se apurar os melhores para lecionarem nas instituições, tanto públicas, como privadas

Maria do Rosário Sambo Ministra do Ensino Superior

Mais Citações

  • Esta semana, a  agenda política nacional terá seguramente no centro das atenções  os doze meses de governação do novo Executivo. Angola é um país diferente e melhor após o primeiro ano sob o comando político de João Lourenço. A concretização da reforma e modernização do Estado como tarefas prioritárias no âmbito do estabelecimento do primado da Lei e a manutenção da ordem e da Justiça, marcam sem sombra de dúvidas este primeiro ano.

    Eduardo magalhães

  • Não foi há muitos dias que vimos na televisão pública e na privada, a ministra do Ensino Superior dizer que as verbas para investigação e capacitação do ensino superior nem chegavam aos 0,01 do OGE 2018, isto não é novidade para a classe docente, que por seus próprios meios investiu em si mesmo, capacitando-se para estar à altura dos desafios sempre crescentes do nosso ensino superior.

    Rui Malaquias

  • Atendendo aos últimos desenvolvimentos, relativamente ao funcionamento da Procuradoria-Geral da República, uma das perguntas que provavelmente muitos  farão é a seguinte : porque é que tudo isso que a PGR hoje está fazer não fazia antes ?
    Os técnicos são os mesmos, as instalações idem e não me consta que a PGR sofreu uma grande reestruturação para, um ano depois, passar a gerir numerosos processos que resvalaram na formalização de acusações e detenções. Será que não havia vontade política até antes do dia 26 de Setembro de 2017 quando, contrariamente nos discursos se apontava inclusive a corrupção como o segundo mal a “abater” a seguir à guerra ?
    Como diz a experiência popular “mais vale tarde que nunca” e como angolano apenas devo congratular-me pelos últimos desenvolvimentos em matéria de protagonismo por parte da PGR.
    Na verdade, começam a tornar-se verídicas as palavras do Presidente João Lourenço segundo as quais  era necessário seria  apenas deixar o poder judicial trabalhar.
    A continuar como a sociedade testemunha, parece que daqui para frente vai ser vergonhoso exibir bens patrimoniais que contrariam o esforço e trabalho para os adquirir. Ainda bem que assim venha a ser porque, na verdade, a corrupção continua ainda a pesar muito na sociedade angolana.
    Alberto Quintino|Vila Clotilde

  • O mês de Setembro, na sua segunda quinzena, representa para a diplomacia mundial o momento singular em que os Chefes de Estado e de Governo se congregam na chamada “First Avenue” (primeira avenida) da cidade de Nova Iorque, no edifício das Nações Unidas para a realização das sessões anuais da Assembleia-Geral.

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia