Citações

Citações

O Governo da República de Angola agradece às mais altas autoridades sul-africanas por terem criado todas as condições que facilitaram a realização da operação de transladação dos restos mortais do malogrado general (Arlindo Pena  Chenda “Ben Ben”), 20 anos depois do seu falecimento.
Comunicado do Executivo   


O camarada Presidente (João Lourenço), durante o congresso, revolucionou as nossas estruturas e temos de nos sujeitar a estas transformações.
Boavida Neto -  Secretário-Geral do MPLA


É preciso dar espaço, buscar outras sensibilidades e procurar no seio dos militantes outras pessoas que possam fazer a diferença.”
Idem


Para a satisfação das necessidades da população, é necessário recorrer-se aos privados, mediante a celebração de contratos públicos, que devem obedecer às regras da lei.
Júlio Inácio - Delegado das Finanças de Malanje

Mais Citações

  • “Pela juventude e pela sua formação, estão à altura de ajudar sobremaneira o governador provincial a levar a bom porto os grandes desafios que a província ainda enfrenta” João Lourenço | Presidente da República, na cerimónia de tomada de posse dos vice-governadores da província do Cunene para o Sector Político, Social e Económico e para os Serviços Técnicos e Infra-Estruturas

  • Tenho conhecimento de que não se dá nas nossas universidades, públicas e privadas, muita importância à investigação científica, em vários ramos do saber. É preciso que os nossos estabelecimentos de ensino superior tenham departamentos que se dediquem à investigação, para que os seus alunos possam adquirir conhecimentos que lhes permitam ter elevadas competências.

  • Quando nos propusemos discutir a credibilidade da imprensa ou a sua crise, tal como o debate despoletado pela Rádio MFM, impõe-se que se convoque a história geral do país, em particular da imprensa, e a Sociologia, em concreto de Consumo. A crise da credibilidade que a imprensa enfrenta nos dias que correm é resultado de um concurso de factores.

    Teixeira Cândido

  • A situação de crise económica, financeira e cambial em que Angola mergulhou desde o limiar do ano de 2015 tem vindo a ser agudizada pelo encerramento de inúmeras empresas por falta de capacidade destas de custearem as despesas salariais com o seu pessoal.

    Sebastião Vinte e Cinco

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia