Colunas

  • Nova Ordem Internacional

    O estado do Estado

    O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, desenvolve uma tão descarada como ilegítima campanha eleitoral ainda a meio ano da consulta europeia de Maio do próximo ano. Em defesa talvez não das mordomias próprias – consta que ambiciona ainda mais alto – mas do reacionarismo neoliberal europeu e da consolidação do seu poder autocrático.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    Um país acima das leis

    A Israel tudo é permitido. Como se as nações do mundo, a começar pelas de maior peso militar e económico, sofressem de problemas de consciência por causa das atrocidades cometidas por Hitler e receassem o anátema de anti-semita que os mentores do regime sionista disparam em direcção a todos os que discordam das suas práticas, a maioria delas marginais.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    O caso de Manuel Landeiro

    Até agora jamais ouvira falar dele, nenhuma razão especial havia para isso, é apenas um dos milhões de portugueses que Portugal, melhor dizendo, o Estado Português SA, trata mal.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    Tribunal Constitucional português

    A coisa passou quase despercebida, o que é natural quando a noção da gravidade do que se diz e escreve deixou de ter os limites do senso entre quem manda na União Europeia. Vou recuperá-la porque, se bem que os moinhos de vento soprem agrestes e ameaçadores, alguma coisa pode ficar em alguém, haja paciência!

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    Um caso grave de tortura em Portugal

    Os acontecimentos dos últimos dois anos demonstraram que o governo da República Portuguesa, tutelado pelo conluio de credores formado pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o FMI, vulgo troika, é capaz de tudo para obrigar o povo a pagar a ganância dos agiotas internacionais.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    O povo falou

    O povo português falou. Disse muito, não tanto quanto seria de esperar, conhecendo nós o rol de patifarias a que continua sujeito, mas o suficiente para se entender que a diferença entre o que declarou e o que lhe vai na alma reflecte a luta desigual que a liberdade naufragada trava contra o polvo da política e os tubarões da economia.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    Armas químicas

    Falemos então de armas químicas.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    O beijo da morte

    Angela Merkel venceu as eleições gerais alemãs e procura agora entre os derrotados verdes e social-democratas os candidatos ao já chamado “beijo da morte”, os que pagarão o preço popular da gestão autoritária da chanceler. O Die Linke (A Esquerda) foi a terceira força política mais votada.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    O fascismo vai nu

    O último escândalo nas instituições europeias, em Bruxelas, é o parecer jurídico dos assessores do Conselho Europeu que considera “ilegal” o lançamento de uma taxa, ainda que ínfima, sobre as transacções financeiras.

    Ler mais »

  • Nova Ordem Internacional

    A dignidade do Brasil e espionagem dos EUA

    A resposta do Estado brasileiro aos insultos dos EUA através das acções de espionagem contra os seus principais dirigentes foi exemplar. O Presidente Obama vai ter que dar contas dos crimes cometidos pelos seus agentes e teve que assumir perante a Presidente do Brasil o compromisso de que vai investigar pessoalmente.

    Ler mais »

capa do dia

Get Adobe Flash player

Você e o Jornal de Angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

Enviar carta

Cartas dos Leitores



ARTIGOS

MULTIMÉDIA