Opinião

A palavra do directorver todas

A Rede de insociáveis

A Rede de insociáveis

As Redes Sociais fizeram mais uma vítima. Parece não haver engrenagem  que as supere, quando se trata de afinar mecanismos tendentes a macular, sujar e destruir a imagem e o bom-nome de cidadãos. Porque quem tem denúncias, deve fazê-las chegar às autoridades. É o caminho! Desta vez, o alvo das considerações caluniosas é um jovem, cuja conduta é marcada pela decência, verticalidade e respeito. Quem o conhece corrobora. Portanto, uma pessoa que se guia pelas mais elementares regras de convivência, ao contrário da caracterização que lhe atribui o “post” que ainda circula.

Aves de rapina

Aves de rapina

Um grupo de homens, senhores de idade, jantava num restaurante, como o fazia com alguma regularidade. Conta o episódio que um dos integrantes informou que daí a pouco chegaria a sua nova “miúda”, que conquistara dias antes. E, de facto, não demorou para que no umbral surgisse a figura de uma adolescente/jovem, na casa dos 17/18 anos. Acto contínuo, um dos senhores à mesa ficou lívido, só recuperando a cor nas faces e alguma força física depois de os amigos o terem ajudado. A rapariga que apareceu à porta, a “miúda” anunciada por um dos companheiros, era, afinal, a filha.

Citaçõesver todas

Criamos um projecto para a moralização dos cidadãos e das instituições a nível da província de Malanje.

Bartolomeu Papusseco | Presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE-Angola em Malanje)

A criação da ADECOS (Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário) apresenta-se como uma resposta do Executivo à expansão dos serviços sociais nas comunidades, e o estimulo ao crescimento das localidades mais vulneráveis .

Norberto dos Santos “Kwata Kanawa” | Governador de Malanje

Através do programa de micro crédito para a juventude, o MAPTSS vai financiar todos os jovens formados que apresentarem ao Ministério projectos
fiáveis para o desenvolvimento do empreendedorismo que visam ajudar no bem-estar.

Jesus Maiato | Ministro da Administração Pública Trabalho e Segurança Social

A indústria petrolífera é bastante complexa e estamos a tentar criar mecanismos para tentar sobreviver em qualquer ambiente económico, estando o preço do barril de petróleo em alta ou baixa.

Cláudio Lopes | Director para o Investimento Social da Cabinda Gulf Oil Company (Cabgoc)

Colunas

Mundo Africanover todas

Renamo volta a esticar a corda

Roger Godwin |

Ler mais

Editorialver todas

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor

Ler mais

Nos tempos que corremver todas

“Redimidos” alemães na lógica americana das migrações

Luis Alberto Ferreira |*

Ler mais

As Subesferasver todas

A insólita “oferta” ocidental de “reconstrução” da Síria

Luís Alberto Ferreira

Ler mais

Crónicas à Média Luzver todas

Uma conferência em Berlim

Artur Queiroz

Ler mais

Mundo Árabever todas

Víctor Jara e

Luis Alberto Ferreira |

Ler mais

Observatório do Balãover todas

Impulsos patrióticos

Arnaldo Santos

Ler mais

Nova Ordem Internacionalver todas

O estado do Estado

José Goulão

Ler mais

Ventos do Ocidentever todas

Preconceitos com a comida e tripas à moda do Porto

Luis Alberto Ferreira |

Ler mais

Palavras à Soltaver todas

A III República

João Melo |

Ler mais

Terra Comprometidaver todas

As eleições na Grécia e o triunfo do medo

José Goulão|

Ler mais

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia