Opinião

Nesta Data

É lançado, num dia como hoje, do ano de 1867, na Alemanha, o primeiro volume de “O Capital”, a obra mais importante do filósofo alemão Karl Marx.

As teorias de Marx sobre a sociedade, a economia e a política — a compreensão colectiva de que é conhecido como o marxismo — sustentam que as sociedades humanas progridem através da luta de classes, um conflito entre uma classe social que controla os meios de produção e a classe trabalhadora, que fornece a mão de obra para a produção e que o Estado foi criado para proteger os interesses da classe dominante, embora seja apresentado como um instrumento que representa o interesse comum de todos. Além disso, ele previu que, assim como os sistemas socioeconómicos anteriores, o capitalismo produziria tensões internas que conduziriam à sua auto-destruição e substituição por um novo sistema: o socialismo. Muitos consideram “O Capital” como marco do pensamento socialista marxista. Nela existem muitos conceitos económicos complexos, como a mais-valia, o capital constante e o capital variável, uma análise sobre o salário e sobre a acumulação primitiva. Resumindo, sobre todos os aspectos do modo de produção capitalista.

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia