Opinião

A palavra do directorver todas

País real

País real

O país real mostra-se a cada dia de forma e maneira diferentes para cada cidadão, com reacções que vão desde a incredulidade à esperança, com respigos do afropessimismo pelo meio. Para a maioria custa acreditar que se tenham desperdiçado tantos recursos que bem aplicados poderiam proporcionar melhores condições de vida  a todos e, ainda por cima, que muitos dos responsáveis pelos descaminhos continuem aí, impávidos e serenos, a esbanjar soberba e a ostentar riqueza injustificada.

Selfie e exibição

Selfie e exibição

Os números são aterradores: até hoje, cerca de 260 pessoas morreram a tirar selfies, ou seja, a fazer fotografias de si mesmas. O estudo que destapa a macabra estatística baseia-se em casos noticiados na Media. A vítima mais recente de que se tem conhecimento é uma jovem portuguesa, que, há cerca de três semanas, caiu de um 27º andar, na Cidade do Panamá, quando se preparava para reproduzir mais uma imagem dela própria, para que as redes sociais se ocupassem, depois, de a viralizar.

Expectativas em alto

Expectativas em alto

Pela segunda vez, na presente legislatura, o Presidente da República vai fazer o discurso sobre o Estado da Nação na  Assembleia Nacional, respondendo a uma obrigação constitucional mas não só e apenas porque, em um ano de governação, tem mostrado uma coerência discursiva que vai no sentido de um maior diálogo com a sociedade, seja através dos representantes eleitos pelo povo ou directamente com várias franjas específicas e com a população em geral.

Citaçõesver todas

Quanto a Dos Santos  (...) não é positivo  falar de pugilistas tombados no ringue, com o desmoronar da sua família. Seria mais um acto de crueldade. No entanto, sublinho que João Lourenço foi um opositor, mas com a consciência dos passos que devia dar. São pessoas totalmente diferentes. Um tolerou ou fomentou  o nepotismo, a corrupção e a miséria do povo , o outro é contra o nepotismo, contra a corrupção
Manuel Rui - Escritor


O 11 de Novembro é uma conquista  de todos os angolanos, pelo menos dos angolanos que estavam engajados na sua conquista, consentindo sacrifícios de vária ordem. Convivi com muitos, por exemplo, nas cadeias e nem todos eram do MPLA”.
Justino Pinto de Andrade  - Deputado da Casa -CER


“O Presidente da República  deu já um passo importante, ao destapar o véu  que estava a escamotear a história do próprio partido da situação. Hoje  já se fala abertamente de figuras como Ilídio Machado, Mário Pinto de Andrade, Daniel Chipenda , Gentil  Viana , Viriato da Cruz .”
Lukamba Gato - Deputado  da UNITA 

“Vocês são campeãs porque procuraram a excelência. Procuraram dar o vosso melhor, que é jogar andebol. Que os outros angolanos, ali onde estiverem, na obra ou na repartição pública, no cumprimento do seu dever, das suas obrigações, procurem ser campeões como vocês são”
João Lourenço | Presidente da República 
 
“ O centro deixou de fabricar próteses por falta de material e é importante que volte a funcionar porque, para além de atender
os pacientes locais, assiste também pacientes de outras províncias, como Malanje, parte do Cuando Cubango e Bié”
Sílvia Lutucuta | Ministra da Saúde  

“Temos uma empresa que produz carteiras, mobiliário hospitalar e outros meios, mas o Governo prefere adquiri-los fora da província, com a mesma qualidade ou até inferior, com preços bastante altos e sobrefacturados, prejudicando o erário e o empresariado”
Paulo Rufino | Empresário  

 
“Enquanto a JMPLA e a JFNLA parecem limitados aos respectivos partidos, a JURA não se designa juventude da UNITA e nem se propõe apenastrazer os jovens angolanos para o partido, pois o seu objectivo é unir a juventude angolana em torno dos projectos transformacionais da realidade social do país ”
Isaías Samakuva | Presidente da UNITA

“A cooperação entre a França e Angola, bem como a África no geral, é para resolver os problemas que se vive em conjunto e não apenas devido aos interesses franceses”
Géry Mangez | Diplomata militar francês

“Eles (os jovens) têm a energia necessária para materializar as mudanças para melhorar a tecnologia e construir sociedades inclusivas
e justas”
Paolo Balladelli | Coordenador residente das Nações Unidas em Angola e representante residente do PNUD

“Temos uma forte parceria no sector petrolífero e no das pescas e as nossas companhias têm apoiado Angola em várias actividades sociais”
Havard Hoksnes | Conselheiro da Embaixada da Noruega em Angola

“Estes (jogadores da Selecção Nacional de Futebol para amputados Campeões do Mundo) são os melhores atletas e, para nós, são muito importantes, porque estamos a falar de uma conquista que vem coroar o 24º aniversário do CPA, a assinalar-se amanhã, sem esquecer o aniversário da nossa Independência, dentro de alguns dias”
Leonel Pinto | Presidente do Comité Paralímpico Angolano (CPA)



O provedor de Justiça  é um órgão público independente, de acordo com a Constituição. Deste modo, não deve ser equiparado
a nenhuma entidad
e”
Florbela Rocha Araújo - Provedora de Justiça-adjunta


As empresas incumpridoras são dos mais diversos sectores e a Segurança Social  está
a fazer um trabalho exaustivo para se calcular as dívidas  das empresas”

Manuel Moreira- Secretário de Estado  para o Trabalho, referindo-se às dívidas das empresas com a Segurança Social


Temos as especialidades de Medicina Interna, Pediatria, Neurologia, Cardiologia, Dermatologia, Fisioterapia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, entre outras.
A única especialidade em falta  é a Neurocirurgia, mas temos equipamentos disponíveis 
para esta área.  Quando surgem casos  desta natureza, enviamos  para os hospitais  Josina Machel
 e Américo Boavida

Carlos Zeca - Director do Hospital Geral  de Luanda


Não vemos qualquer perspectiva  brilhante  de normalização nas relações russo-americanas no horizonte, mas isso não significa  que
não queiramos o diálogo

Dimitro Pescov - Porta-voz do Kremlin

Colunas

Mundo Africanover todas

Renamo volta a esticar a corda

Roger Godwin |

Ler mais

Editorialver todas

A construção da Nação angolana

Ler mais

Nos tempos que corremver todas

“Redimidos” alemães na lógica americana das migrações

Luis Alberto Ferreira |*

Ler mais

As Subesferasver todas

Contra-cultura e contra-informação no caos argentário

Luis Alberto Ferreira

Ler mais

Crónicas à Média Luzver todas

Uma conferência em Berlim

Artur Queiroz

Ler mais

Mundo Árabever todas

Víctor Jara e

Luis Alberto Ferreira |

Ler mais

Observatório do Balãover todas

Impulsos patrióticos

Arnaldo Santos

Ler mais

Nova Ordem Internacionalver todas

O estado do Estado

José Goulão

Ler mais

Ventos do Ocidentever todas

Preconceitos com a comida e tripas à moda do Porto

Luis Alberto Ferreira |

Ler mais

Palavras à Soltaver todas

A III República

João Melo |

Ler mais

Terra Comprometidaver todas

As eleições na Grécia e o triunfo do medo

José Goulão|

Ler mais

Tempo

você e o jornal de angola

PARTICIPE

Escreva ao Jornal de Angola.

enviar carta

Multimédia