Política

Acção social implementada em municípios do Moxico

Lino Vieira| Luena

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mu-lher fez, no Luena, Moxico, o lançamento da primeira fase do Projecto de Municipalização da Acção Social, para melhorar as condições sociais das famílias vulneráveis.

Ministra Vitória de Barros garante apoios para ajudar famílias
Fotografia: Paulo Mulaza|Edições Novembro

Em declaração à imprensa,  Vitória de Barros disse que a criação de Centros de Apoio Social Integrados (CASI) nas comunidades tem como objectivo melhorar a  condição  das famílias vulneráveis. “Vamos criar centros de referência nas comunidades, que vão permitir visualizar as condições das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade”, disse a ministra, para acrescentar que as pessoas com necessidades esperam por uma intervenção social de forma integrada e sectorial, para verem as suas necessidades supridas.
Segundo Vitória de Barros, a acção social é um novo paradigma de intervenção social que passa pelo levantamento das condições de vida no seio de crianças, idosos, pessoas com deficiência para, de uma forma muito mais directa, beneficiarem de apoio nutricional, saúde, educação, entre outros. O Moxico é uma das três províncias que faz parte do projecto-piloto da acção social, do qual constam também as províncias do Bié e Uíge.
Vitória de Barros foi recebida pelo governador Gonçalves Muandumba e reuniu-se com os membros do Go-verno da província, visitou o Centro Infantil Sambukila, o Lar da Terceira Idade Rainha Nhakatolo  e deslocou-se ao município do Camanongue, a 52 quilómetros do Luena, onde inaugurou o Centro de Acção Social. Os primeiros Centros de Acção Social Integrados para Idosos foram inaugurados na semana passada, na província do Uíge.
Os centros estão equipados com meios informáticos para o registo de nascimento, assistência médica e medicamentosa, acolhimento para pessoas abandonadas, idosos e crianças em risco. Os Centros de Acção Social   vão ter bases de dados para o controlo, localização e atendimento personalizado e mais próximo de famílias em situação de vulnerabilidade. No Uíge, o Centro Social está no bairro Candombe Velho.

Tempo

Multimédia