Política

Administrações municipais recebem apoio do Ministério

O ministro da Saúde, José Van-Dunen, reiterou que o sector vai continuar a apoiar as administrações municipais em recursos técnicos e financeiros no âmbito da visão integrada de municipalização dos serviços de saúde.

Ministro da Saúde José Van-Dúnem
Fotografia: Jornal de Angola

José Van-Dúnem, que falava sobre o tema “O papel da governação local em Angola”, na Feira dos Municípios e Cidades de Angola, sublinhou que os Serviços de Municipalização dos Serviços de Saúde se enquadram numa estratégia que visa oferecer melhores serviços aos cidadãos, com vista a reduzir os focos de pobreza e reforçar a coesão social e o desenvolvimento municipal, provincial e nacional.
O Ministério da Saúde já colocou, em 70 municípios, equipas constituídas por um médico, um estatístico e uma enfermeira especialista em saúde materno infantil.
O ministro esclareceu que estas equipas têm como missão principal a formação contínua do pessoal, apoiar a recolha e análise dos dados estatísticos, a melhoria na prestação dos cuidados e serviços de saúde essenciais. Para o êxito desta empreitada, disse, as equipas contam com a colaboração activa dos administradores municipais que facilitam e apoiam o trabalho dos grupos.
Para garantir o alcance dos objectivos, José Van-Dúnem defendeu uma utilização racional dos fundos alocados para os cuidados primários de saúde, seguindo os critérios estabelecidos. As prioridades, disse, passam pelas campanhas de vacinação, atenção integrada à mãe e à criança, o parto seguro, prevenção e tratamento das grandes endemias e de doenças não transmissíveis.O ministro considerou que a saúde é uma riqueza que todos devem abraçar e incentivar, pois contribui para uma vida melhor nos municípios e cidades.

Tempo

Multimédia