Política

Angola tem legislação para combate à corrupção

Victória Quintas| Huambo

O ordenamento jurídico angolano está preparado para enfrentar o combate à corrupção, a luta contra a evasão fiscal e o branqueamento de capitais, afirmou hoje, o magistrado público português jubilado, Pedro Redinha, na cidade do Huambo.

Angola tem leis suficientes para o combate a corrupção
Fotografia: DR

O magistrado, que falava numa conferência sobre “O exercício dos direitos fundamentais e a sua limitação no ordenamento jurídico angolano”, promovida pela Procuradoria-Geral da República no Huambo, afirmou que a cruzada do Estado contra as más práticas no país vai tornar Angola num país próspero e bom para todos os cidadãos.



Tempo

Multimédia