Política

Angola conta com a Áustria na formação de quadros

Angola reiterou o desejo de reforçar as relações bilaterais com a Áustria, enfatizando a cooperação no âmbito da formação profissional de quadros angolanos.

Teodolinda Rosa Coelho, embaixadora na Áustria
Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

A posição foi manifestada, em Viena, pela embaixadora extraordinária e plenipotenciária de Angola na Áustria, Teodolinda Rosa Rodrigues Coelho, que na quinta-feira entregou as cartas credenciais ao Presidente austríaco, Alexander Van der Bellen.
Na ocasião, a diplomata vincou o interesse de o país ter acesso ao crédito bonificado disponível em instituições financeiras da Áustria, para financiar projectos do sector social em Angola.
Depois da sua acreditação, Teodolinda Coelho foi recebida pelo Presidente austríaco em cerimónia  realizada no Palácio de Hofburg, em Viena.
Na sexta-feira, o ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, pediu resultados concretos da cooperação bilateral nos diferentes ramos de actividade, com especial atenção mas relações económicas, comerciais, financeiras e empresariais.
Manuel Augusto discursava no encerramento da  reunião anual de embaixadores, que decorreu na sede do departamento ministerial sob o lema “Política externa de Angola: Estratégia de inserção no contexto internacional actual”.
O ministro disse que a diplomacia não se deve esgotar no apoio à protecção económica externa, mas deve prestar   atenção à imagem do país, à implantação das redes de interesse políticos e culturais e à protecção da diáspora.
Manuel Augusto sublinhou que o país deve continuar a concentrar as iniciativas e esforços em assuntos que concorreram para os interesses nacionais e regionais e resultem numa contribuição relevante para a agenda internacional de paz, segurança, estabilidade e desenvolvimento.
Para a construção de um mundo cada vez mais seguro, Manuel Augusto defendeu o contributo de Angola na luta contra a imigração ilegal, o terrorismo transnacional e crime organizado.

Tempo

Multimédia