Política

Antigo-secretário deixa partido do “galo negro”

Carlos Paulino | Menongue

O ex-secretário da UNITA  para a comunicação e marketing no Cuando Cubango, Júlio Francisco Kambongue, renunciou no sábado, na cidade de Menongue, à militância e filiou-se no MPLA.

Júlio Francisco Kambongue
Fotografia: Carlos Paulino | Edições Novembro

Outro militante, Américo Paulino Ndala, de 58 anos, ex-membro do comité provincial da UNITA, também desvinculou-se da UNITA, onde militou durante 42 anos, passando também para o MPLA.
Júlio Kambongue, de 25 anos de idade, mais de 10  na UNITA, explicou que a sua renúncia deve-se ao facto de haver, naquele partido, “muita intriga, calúnias, perseguições, regionalismo, discriminação étnica, falta de oportunidade e de estratégia convincente que se adapta à nova realidade” do país.
Júlio Kambongue acrescentou que ingressar  a voluntariamente no MPLA, que considerou um “partido de todos os angolanos e que tem uma abertura e programa bastante ambiciosos”.  Américo Paulino Ndala disse que abandonou a UNITA porque os dirigentes “continuarem a violar deliberadamente as leis e a Constituição da República, como acontece agora com a proposta das eleições autárquicas”.

Tempo

Multimédia