Política

Associação legitima representantes nas províncias

Carlos Paulino | Menongue

O Fórum dos Combatentes da Batalha do Cuito Cuanavale (FOCOBACC) realizou, quarta-feira, em Menongue, província do Cuando Cubango, a cerimónia de tomada de posse dos 18 delegados provinciais, com vista a imprimir maior dinamismo no tratamento das difíceis condições sociais que atinge dezenas de ex-militares espalhados por todo o país.

General António Valeriano (ao centro) preside ao fórum
Fotografia: Carlos Paulino | Edições Novembro

Durante a cerimónia, no anfiteatro da Caixa de Segurança Social, o presidente do FOCOBACC, tenente-general António Valeriano, exortou os delegados provinciais a interagirem junto dos governos das respectivas províncias, na busca de soluções para ajudar a inserir os desmobilizados de guerra nas tarefas de reconstrução nacional e agro-pecuária, entre outros projectos.

O general recordou que a batalha do Cuito Cuanavale constitui um marco histórico internacional, a julgar pelos efeitos que produziu a nível do mundo e, sobretudo, da região austral de África, pois, como lembrou, foi responsável pela abolição do então regime de apartheid, na África do Sul, a libertação de Nelson Mandela e a Independência da Namíbia, entre factos, com base na Resolução 435/75 das Nações Unidas.
Por esta e outras razões, António Valeriano disse ser necessário que o FOCOBACC esteja devidamente organizado, à semelhança das congéneres da Namíbia, África do Sul e Cuba, para que possa merecer a atenção das distintas Organizações Não-Governamentais, nacionais e internacionais, do Estado angolano e do Comandante-em- Chefe das Forças Armadas Angolanas.
À margem da cerimónia de empossamento, os membros do FOCOBACC analisaram, com profundidade, os problemas de que enfermam o Fórum no capítulo da falta de infra-estruturas em todo o país para o seu funcionamento, de meios rolantes e a inserção na Caixa Social das FAA.
, projectos estruturantes e viáveis para o auto sustento dos ex-militares e das suas famílias.

O Fórum dos Combatentes da Batalha do Cuíto Cuanavale é um órgão que goza de personalidade jurídica. Os novos órgãos sociais foram empossados no dia 2 de Março, em acto testemunhado pelo então ministro das Finanças, Archer Mangueira, em representação do Governo e pelo ex-secretário de Estado dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Clemente Kunjuca.

Tempo

Multimédia