Política

Barragem gera energia no próximo ano

Armando Sapalo | Dundo

O aproveitamento hidroeléctrico do Luachimo, no Dundo, Lunda-Norte, começa a produzir energia eléctrica a partir do primeiro trimestre do próximo ano, com o ensaio da primeira das quatro turbinas, garantiu o chefe do Departamento de Engenharia do Gabinete do Aproveitamento do Médio Kwanza (GAMEK), Arlindo Carlos.

Fotografia: DR

A garantia da instituição que gere a carteira de projectos estruturantes do sector de energia foi apresentada durante a visita à empreitada do deputado da bancada parlamentar do MPLA Diógenes de Oliveira. O empreendimento está em reabilitação e reforço de potência de 8.4 para 34 megawatts. Arlindo Carlos considerou que os atrasos tanto na execução física como financeira estão a ser objecto da atenção das entidades competentes.
A empreitada está orçada em 212 milhões de dólares e vai beneficiar 186 mil pessoas residentes na cidade do Dundo e nos municípios de Cambulo e Lucapa, incluindo as localidades de Fucauma, Cassanguidi, Luxilo e Calonda.
O chefe do Departamento de Engenharia do GAMEK indicou que as fases de execução da empreitada incluem a reabilitação dos equipamentos mecânicos da barragem e a execução de um novo circuito hidráulico dimensionado para 240 metros cúbicos de água por segundo.
As obras de reabilitação e aumento da capacidade da central hidroeléctrica do Luachimo estão a ser executadas por uma empresa chinesa. O projecto foi consignado em Outubro de 2016. As obras começaram em 2017, depois de terem sido desligados todos os equipamentos da barragem.
O deputado Diógenes de Oliveira considerou que a barragem vai garantir maior disponibilidade de energia.

Tempo

Multimédia