Política

Campanha de moralização é lançada hoje em Luanda

O MPLA lança hoje, em Luanda, a campanha pública de moralização da sociedade, que deve estender-se até 2021.

Secretário do MPLA para a Informação Paulo Pombolo
Fotografia: Kindala Manuel | Edições Novembro

O lançamento acontece num acto a decorrer numa das unidades hoteleiras, com a presença de representantes de associações sócio profissionais, autoridades tradicionais, entidades religiosas, organizações da sociedade civil quadros e dirigentes do aparelho do Estado e académicos.
Numa recente conferência de imprensa, que marcou o anúncio das actividades , o secretário para a Informação do MPLA, Paulo Pombolo, explicou que o acto nacional de lançamento constitui a segunda maior iniciativa do partido no âmbito da Agenda Política para este ano, apresentada em Fevereiro.
Com o lançamento da campanha, que decorre sob o lema “Combater a corrupção, o nepotismo, a bajulação e a impunidade é garantir um futuro melhor e bem-estar das famílias angolanas”, o MPLA pretende mobilizar a sociedade para o combate à corrupção e promover o processo de educação para prevenir futuros casos.
Paulo Pombolo adiantou os temas escolhidos para a sessão de abertura da campanha: “Papel da família e da sociedade civil no combate à corrupção”, “O papel da escola no combate à corrupção”, a “Intervenção dos medias na prevenção e combate à corrupção”, “O papel dos órgãos da administração da Justiça no combate à corrupção” e a “Experiência internacional no combate à corrupção e ao branqueamento de capitais”.
“A campanha deve estender-se até 2021, mas reconhecemos que o combate a estes males que prejudicam a imagem do país é um trabalho permanente”, esclareceu Paulo Pombolo.

Tempo

Multimédia