Política

Cangala solicita elevação à categoria de comuna

Matias da Costa | Cuito

A comunidade da aldeia de Cangala, no município do Chinguar, província do Bié, pede às autoridades administrativas que na esteira do processo de implementação das autarquias  se criem instrumentos legais que viabilizem a elevação da localidade à categoria de comuna.

Fotografia: Jaimagens | Ediçõs Novembro

O desejo foi manifesta-do na abertura do ano agrícola 2018-2019 que decorreu na aldeia da Cangala, acto presidido pelo ministro da Agricultura e Florestas, Marcos Nhunga, e testemunhado por governadores provinciais e responsáveis ministeriais.
A comunidade, representada pelas cooperativas e associações de camponeses, realça que a região está engajada nas tarefas inerentes ao processo agrícola. Cangala, disse, é recordista das actividades comerciais da província onde pontificam os produtos agrícolas distribuídos em vários mercados.
Outro pedido feito pela população da Cangala é a reabilitação das estradas secundárias e terciárias com acesso aos campos agrícolas, para facilitar o escoamento de toneladas de produtos diversos que, em várias circunstâncias, acabam por se estragar no local da colheita.
Em igualdade de circunstâncias está a melhoria progressiva da oferta dos serviços sociais básicos como escolas, hospitais e o fornecimento de água potável, ainda que não à altura do desejado.
O governador do Bié, Pereira Alfredo, reiterou a força produtora da região e pediu ao Ministério da Indústria a ajudar com meios tecnológicos para a província concorrer na transformação dos produtos do campo.
A ministra da Indústria, Bernarda Martins, disse que pequenas indústrias de café já começaram a ser instaladas no  município do Andulo. O Ministério, salientou, vai, gradualmente, dar sequência aos projectos de industrialização e colmatar a necessidade que se constata nas províncias do interior.

Tempo

Multimédia