Política

CASA-CE concorda com a urgência do debate

Em relação à proposta da UNITA, o deputado da CASA-CE disse que é mais abrangente e incide mais sobre as receitas fiscais. Quanto à proposta do Executivo, o deputado considerou igualmente importante, “mas tem o desmérito de ver apenas o património financeiro e não o imobiliário”.

Coligação quer os diplomas discutidos na especialidade
Fotografia: Maria Augusta|Edições Novembro

Manuel Fernandes garantiu que a CASA-CE vai votar os dois documentos para que os mesmos sejam discutidos na especialidade. O deputado Benedito Daniel disse que as duas iniciativas são bem-vindas uma vez que na sua proposta o Executivo propõe o repatriamento de capitais e no projecto da  UNI-TA é defendida a regulação dos capitais.
O deputado disse que o PRS apoia a proposta do Executivo pelo facto de a mesma não prever, numa primeira fase, acções coercivas ou prejuízos para os donos desses capitais, e apenas exigir o repatriamento de forma voluntária.

Tempo

Multimédia