Política

Chivukuvuku aceitará o resultado das urnas

Edson Fontes |

O presidente da CASA-CE, Abel Chivukuvuku, pediu  ontem aos  militantes da coligação, no sentido de trabalharem para uma mudança política pacífica no país, lembrando que “quem faz esta transformação é o povo nas  urnas.”

Chivukuvuku apelou à afluência dos eleitores para o voto
Fotografia: Edmundo Eucilio | Edições Novembro - Bengo

Discursando na cidade de Caxito, província do Bengo, aos militantes, amigos e simpatizantes, no quadro da campanha eleitoral para as eleições de 23 deste mês, Abel Chivukuvuku defendeu  disciplina no dia da votação, para uma mudança ordeira e tranquila. “Cada  cidadão deve fazer a sua escolha, uma vez que somos todos irmãos”, afirmou.
O candidato presidencial da CASA-CE caminhou pelos diferentes bairros de Caxito, incentivando os militantes a conservarem os cartões eleitorais e afluírem às mesas de votação, para a escolha dos próximos dirigentes do país. O político compromete-se, caso vença as eleições gerais, erradicar a “pobreza extrema” e a fome, combater a corrupção e o desperdício e realizar uma governação patriótica.

Tempo

Multimédia