Política

Comissão Eleitoral apoia vítimas da seca

André Brandão| Ndalatando

Os membros da Comissão Provincial Eleitoral (CPE) do Cuanza-Norte e um número significativo de funcionários administrativos doaram ontem, na cidade de Ndalatando, meia tonelada de fuba de milho e 1.210 embalagens de água mineral de 1,5 litros, para acudir às vítimas da seca no Sul do país.

Várias instituições apoiam vítimas da seca no Sul
Fotografia: Nicolau Mateus |?Edições Novembro

A doação, segundo o presidente da comissão, Gabriel Gaspar, surge na base dos constantes apelos do Executivo em ajudar as vítimas da seca nas províncias da Huíla, Namibe, Cuando Cubango e Cunene. Os produtos doados, acrescentou, foram recolhidos nas Comissões Municipais Eleitorais (CME) dos dez municípios da província.

O chefe de Departamento da Acção Social na província, Severino Chivala, disse que durante a campanha de recolha de donativos para acudir às vítimas da seca no Sul do país, o Cuanza-Norte já arrecadou um total de 31 toneladas métricas de produtos diversos.
O governador do Cuanza-Norte, Adriano Mendes de Carvalho, procedeu em Junho deste ano a doação de 60 sacos de arroz, 40 caixas de massa alimentar, 18 sacos de fuba de milho, 16 caixas de conservas, cinco balões de roupa usada e igual número de sacos de sal, para minimizar a carência das populações no Sul do país, sobretudo da província do Cunene.
Adriano Mendes de Carvalho manifestou-se, na altura, confiante no êxito da campanha, tendo solicitado a colaboração das entidades religiosas, tradicionais, pessoas singulares e empresários.
Várias campanhas têm sido promovidas, em todo o país, para a recolha de donativos para apoiar as vítimas da seca nas províncias do Sul do país, nomeadamente Cunene, Cuando Cubango, Huíla e Namibe. A situação de estiagem na região já se prolonga por quase um ano e afecta milhares de pessoas.

Tempo

Multimédia