Política

Cooperação ditou nacionalização da Efacec

O Presidente da República, João Lourenço, afirmou, hoje, em Luanda, que a nacionalização, pelas autoridades portuguesas, das acções da empresária Isabel dos Santos na Efacec é resultado da cooperação judicial entre Angola e Portugal.

Fotografia: DR

“É um trabalho que vem sendo feito entre as Justiças angolana e portuguesa”, afirmou João Lourenço, quando convidado, pelos jornalistas, para fazer um comentário sobre o assunto que, na quinta-feira, constituiu manchete em vários órgãos de comunicação social angolanos e portugueses.

“Os Estados defendem sempre a Justiça, independentemente dos rostos que estejam em causa”, afirmou o Titular do Poder Executivo, em resposta à questão se o Estado angolano sairia ou não em defesa de Isabel dos Santos, na qualidade de cidadã angolana.

O Governo português nacionalizou, na quinta-feira, a participação de 71,73 por cento de Isabel dos Santos no fabricante português de produtos tecnológicos Efacec, numa medida horas depois promulgada pelo Presidente Marcelo Rebelo de Sousa.

Tempo

Multimédia