Política

Cuanza-Sul atrai empresários namibianos

Victor Pedro | Sumbe

O embaixador da Namíbia em Angola, Patrik Nandago, considerou que a nova Lei do Investimento Privado angolana é “uma porta aberta para elevar os níveis de cooperação nos vários domínios económicos com a Namíbia”.

Patrick Nandago ficou impressionado com a capacidade da fábrica de cimento
Fotografia: Victor Pedro | Edições Novembro | Cuanza-Sul

O diplomata falava sexta-feira, no Sumbe, Cuanza-Sul, no fim de uma visita de constatação à Fábrica de Cimento do Cuanza-Sul e à Escola de Formação Profissional do Cuacra, situadas a norte do município do Sumbe, no quadro da visita de trabalho à província, para avaliar possíveis áreas de investimento para empresários namibianos.

A nova Lei do Investimento Privado, Lei 10/18, entrou em vigor em Junho de 2018, estabelece os princípios e as bases gerais do investimento privado em Angola, fixa os benefícios e as facilidades que o Estado concede aos investidores privados e os critérios de acesso aos mesmos e também os direitos, deveres e as garantias dos investidores privados.

Notícia em desenvolvimento...

Tempo

Multimédia