Política

Demolições em Viana preocupam deputados

Adelina Inácio e Bernardino Manje

Uma delegação de deputados do grupo parlamentar da UNITA visitou ontem o distrito da Vila Flor, município de Viana, onde, segundo moradores, várias casas estão a ser demolidas por efectivos da Polícia Nacional, num perímetro em que se diz haver litígio entre dois cidadãos.

Uma das casas demolidas
Fotografia: Vigas da Purificação | Edições Novembro

Os parlamentares da UNITA constataram no local as reclamações dos moradores que viram as suas casas demolidas há cerca de duas semanas. Segundo denúncias dos moradores, até ontem, já tinham sido demolidas mais de 30 residências. Durante a acção, segundo ainda os moradores, a Polícia terá detido, ilegalmente, nove moradores, dos quais dois foram soltos por serem menores.
Contactado pelo Jornal de Angola, o comandante municipal interino da Polícia Nacional, que quis identificar-se apenas com o nome Makengo, negou que os actos de demolição tenham o apoio da corporação.
O que pode ter acontecido, disse, é que, para acautelar uma eventual reacção da população, a Administração Municipal tenha solicitado à Polícia Nacional para que proteja a equipa que está a efectuar as demolições.
“A Polícia não trabalha com martelo demolidor”, sublinhou o comandante, que evitou entrar em mais pormenores sobre o assunto, convidando o jornalista a marcar uma entrevista para mais esclarecimentos sobre o caso.
Entretanto, ainda ontem, um grupo de moradores foi ouvido pela Provedoria de Justiça, que prometeu notificar a outra parte, no caso os dois cidadãos litigantes do espaço.

Tempo

Multimédia