Política

Deputados analisam Parlamento Regional

Adelina Inácio

Assembleia Nacional aprecia amanhã o Projecto de Resolução que aprova a transformação do Fórum Parlamentar da SADC em Parlamento Regional. 

Josefina Pitra Diakité
Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

A presidente da Comissão de Relações Exteriores, Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas no Estrangeiro, Josefina Pitra Diakité, disse ao Jornal de Angola que os deputados vão ser informados sobre os trabalhos que estão a ser desenvolvidos  pela Assembleia Nacional, e em particular,  pelo  presidente do Fórum Parlamentar da SADC, Fernando da Piedade Dias dos Santos, bem como as perspectivas para o futuro. Josefina Pitra Diakité adiantou que  o secretariado do Fórum  está a solicitar aos  Estados membros que se pronunciem neste sentido.
A presidente da 3ª Comissão explicou que com aprovação desta resolução, o Parlamento pretende definir a sua posição  e ajudar os Estados membros a seguirem o mesmo exemplo.  “Pensamos que adopção  de uma resolução  nesta matéria será a melhor forma para o Parlamento marcar a sua posição e  ajudar os Estados membros a procederem da mesma senda  da Assembleia Nacional, em função da realidade de cada país”, disse. 
Josefina Pitra Diakité lembrou que a  questão da transformação do Fórum Parlamentar da SADC em Parlamento Regional  foi discutida a todos os níveis, e pela primeira vez,  o presidente do Fórum foi convidado a participar na reunião do Conselho de Ministros e na Cimeira dos Chefes de Estado da SADC, realizada recentemente na Namíbia.
A parlamentar referiu que,  pela primeira vez, a Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo  acolheu positivamente a transformação do Fórum Parlamentar da SADC em Parlamento. “Está em curso o trabalho preparatório  a nível dos Estados membros no sentido de se efectivar essa transformação”, salientou. 
Os deputados vão apreciar também o Projecto de Resolução que aprova  o reajuste nos Grupos Nacionais de Acompanhamento da Assembleia Nacional.  O  reajuste surge devido à movimentação de deputados do grupo do MPLA.  “ Em função do último congresso do MPLA, houve lugar a movimentação de alguns deputados que tiveram de deixar os seus assentos e foram para as funções de governação. A saída de uns deu  lugar a entrada de outros”, explicou.

Tempo

Multimédia