Política

Director do SIC pede responsabilidade

O director-geral do Serviço de Investigação Criminal (SIC) teve no Luena um encontro com efectivos da Polícia, para avaliar o estado de prontidão das forças e meios em disposição para o dia 23 deste mês.

Eugénio Pedro Alexandre
Fotografia: Daniel Benjamim | Edições Novembro | Luena

Eugénio Pedro Alexandre realçou a importância do exercício do voto para a escolha dos governantes do país, lembrando que cabe aos órgãos operativos do Ministério do Interior garantir a segurança e estabilidade durante e depois das eleições.
O comissário apelou aos efectivos da Polícia maior responsabilidade e espírito de missão, para que no dia 23 o eleitor possa exercer o seu direito de voto sem qualquer constrangimento. O principal objectivo dos efectivos, disse, é estar em prontidão nas assembleias para manter a ordem nas mesas de voto e, de forma vigilante, detectar a tempo todas as iniciativas
que vise perigar o pleito eleitoral. “É previsível que haja indivíduos que, consciente ou inconscientemente, venham a criar actos de distúrbios, motivados por consumo de bebidas alcoólicas ou de outras substâncias psicotrópicas”, admitiu Eugénio Alexandre, informando que, por orientação do ministro do Interior, os comandos municipais vão ser reforçados com meios e efectivos à altura para o êxito da missão. O comandante disse estarem criadas as condições para a segurança nas eleições.

Tempo

Multimédia