Política

Egipto quer intensificar cooperação parlamentar

Angola e o Egipto manifestaram ontem, em Luanda, a necessidade de impulsionar a cooperação bilateral e dar novo andamento à relação parlamentar.

Presidente do Parlamento recebeu o embaixador egípcio
Fotografia: Angop

A informação foi avançada pelo embaixador egípcio em Angola, Khaled Hassan, à saída de uma audiência que lhe foi concedida pelo presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos.
O diplomata afirmou que o Egipto tem muito interesse em intensificar as relações com Angola. Por isso, considerou fundamental assegurar visitas mútuas e regulares entre deputados e ministros dos dois países. Khaled Hassan disse igualmente ser importante que os dois parlamentos trabalhem em conjunto para elaborar documentos ou aprovar leis que possam fortalecer o desenvolvimento dos dois países e povos.
Ainda ontem, o presidente do Parlamento angolano recebeu também a embaixadora de Cuba em Angola, Esther Cardenas, com quem analisou as formas de reforçar a cooperação bilateral.
A diplomata cubana, acreditada em Fevereiro último, disse ter recebido palavras de conforto e solidariedade de Fernando da Piedade Dias dos Santos, em consequência da queda do avião Boeing 737-200, no município de Boyeros, nos arredores de Ha-vana, capital cubana, causando mais de 100 mortos.
Fernando Dias dos Santos e Esther Cardenas conversaram, também, sobre as recentes eleições parlamentares em Cuba. Dos 605 deputados eleitos, cerca de 53 por cento são mulheres, o que converte a Assembleia Nacional cubana no segundo parlamento com mais mulheres eleitas, depois da Bolívia. Além disso, 40 por cento dos parlamentares cubanos possuem menos de 50 anos e 13 por cento são jovens.
O presidente da Assembleia Nacional recebeu, igualmente, o embaixador da Argentina em Angola, Luís Bellando, que tem estatuto de residente. O diplomata argentino garantiu que as relações bilaterais vão conhecer um novo impulso nos próximos tempos.

Tempo

Multimédia